No ar
Quarta, 26 de fevereiro de 2020
(89) 3462-1200 / (89) 99464-6677
Brasil

30/12/2019 ás 12h29

265

Redação

Oeiras / PI

Unidades Básicas de saúde fecham as portas para população Oeirense durante recesso municipal
Das oito UBS da zona urbana visitadas pelos vereadores na manhã desta segunda-feira, 30, não se encontrava nenhum funcionário de plantão
Unidades Básicas de saúde fecham as portas para população Oeirense durante recesso municipal

Os vereadores Beron (MDB), Gilmar Fontes (PT) e Hélio Adão (PT) realizaram vistoria nas UBS da zona urbana de Oeiras nesta segunda-feira,30, e constataram que todas estão fechadas e sem prestar atendimento à população durante o período de recesso da prefeitura municipal.


Os vereadores fizeram essas visitas para constatar as prestações de serviços básico de saúde do município conforme o Decreto Municipal n° 75, de 10 de dezembro de 2019, onde fica instituído recesso dos órgãos da prefeitura municipal durante o período de 23 de dezembro de 2019 a 03 de janeiro de 2020, entretanto, de acordo com  o documento no parágrafo primeiro no período referido, esse recesso instituído não se aplica a repartições de serviços essenciais e indispensáveis, tais como, limpeza pública, postos de saúde, programas sociais e secretaria municipal de finanças que deverão funcionar em regime de plantão conforme escala determinada pelos respectivos secretários (as).



Das oito UBS da zona urbana visitadas pelos vereadores na manhã desta segunda-feira, 30, não se encontrava nenhum funcionário de plantão e nem aviso de escala de funcionamento, alguns possuíam o aviso informando sobre o recesso, mais nenhuma possuía uma escala informando sobre escala de plantão, conforme citado no decreto municipal.  Bairro Jureminha, Oeiras Nova, Pedro Barbosa – Centro, Rodagem de Picos, Canela, Rosário, Várzea e Rodagem de Floriano.


 


A s funções das Unidades Básicas de Saúde (UBS) são a porta de entrada preferencial do Sistema Único de Saúde (SUS). O objetivo desses postos é atender até 80% dos problemas de saúde da população, sem que haja a necessidade de encaminhamento para outros serviços, como emergências e hospitais.



Numa UBS, o cidadão poderá:


Ter acesso a ações de promoção, prevenção e tratamento relacionadas à saúde da mulher, da criança, saúde mental, planejamento familiar, prevenção a câncer, pré-natal e cuidado de doenças crônicas como diabetes e hipertensão.


Fazer curativos, fazer inalações, Tomar vacinas, coletar exames laboratoriais, ter tratamento odontológico, receber medicação básica e ser encaminhado para atendimentos com especialistas.


O principal questionamento dos parlamentares é se a população é pelo descaso com os cidadãos que terá que aguardar acabar o recesso para ter acessos aos serviços de necessidades fundamentais, apenas de constar no decreto a garantia de manter esses serviços durante o período determinado.


Decreto Municipal

FONTE: Portal Integração

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários
Veja também
Facebook
© Copyright 2020 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium